Chuva!

O vento venta lá fora e a chuva é questão de espera, não cairá agora, mas não demora. É como a caça diante da fera. E quando cai faz cheirar cheiro de chuva, que molha a terra e cresce planta. Cria também imagem de santa, lavando a casa em uma prece muda. Não perdoa ninguém e nenhuma situação, não perdoa festa e nem ao menos procissão. Molha todos indistintamente, do mais glorioso rico ao pobre moribundo indigente. Nos remete à infância, ao nosso estado criança, quando os pingos caíam na gente como parte do dia e ninguém se importava com isso. Nos lembra um tempo sem compromisso, a vida sem responsabilidade, a existência sem idade, um tempo onde era um primor ser ingênuo. E numa simples comparação entre outrora e os tempos que virão, não conseguimos sequer descobrir a razão de torcermos todos os dias para fazer sol, desprezando a chuva por completo. A chuva só atrapalha, nos molha, nos encharca, maltrata e nos faz mudar de planos. A chuva não é o oposto do sol, pois também chove de noite. São meras gotas que se diluem em muitos enredos que a vida nos dá e tira, pois apesar de longa, a vida é curta demais para a chuva. Ao final, todo mundo reclama, mas ninguém padece. Ao contrário, a água nos dá coragem e marca o momento. Chora a vida, felicita e enobrece. E quando a última gota cai dando fim ao espetáculo e deixando as nuvens mais brancas, leva com ela a certeza efêmera de um belo e ensolarado dia. A chuva é uma eterna injustiçada.

Whatever rain

Anúncios

8 Comentários

Arquivado em impressões, Introspecção, Prazeres

8 Respostas para “Chuva!

  1. Fernanda

    Epa! Que foto é essa? rs…….Muito bonitinho esse texto, Pataca querido….. 🙂

  2. Anonymous

    Its a big enough umbrella but its always me that ends up getting wet

  3. Anonymous

    “Você que não tem medo de chuvaVocê que nao é de papelMuito menos feito de açúcarOu algo parecido com melExperimente tomar banho de chuvaE conhecer a energia do céuA energia dessa água sagradaQue te abençoa da cabeça aos pésChuvaEu peço que caia devagarSó molhe este povo de alegriaPara nunca mais chorar…”Tá bom, tá bom, eu tomava banho de calcinha na chuva… e ainda abria o bocão bem grande para tomar água… criança não tem bagagem para ter medo de ser feliz, então é feliz e pronto! Saiu na chuva?!? Se molhe! Beijos com gotas de chuva pra você…

  4. rancorizando

    Chuva em SP é sinônimo de caos, vc sabe… Mas na real, a grande magia da chuva é saber que, por mais que ela seja um grande temporal, logo ela passa e o céu fica lindo novamente.Em todo caso, sempre vale chamar o Mário Chamie pra falar dela pra gente… (peguei o link de um blog qquer)http://tempotempotempo.blogspot.com/2007/11/chuva-interior-de-mario-chamie.htmlbeijones 😉Camila

  5. Teresa

    chuvaaaaaaaaeu amo tanto a chuvaaaaaaademais=*

  6. Joo

    Não tem o que contar… nem utilizei os serviços propostos pelo google ads. De qualquer maneira, cheguei à conclusão de que deveria chover dia-sim-dia-não, mas só de madrugada. Os dias de semana permaneceriam nublados e frescos e o sol só apareceria aos sábados e domingos, convidando-nos ao lazer. Foi só um breve momento de utopia.

  7. A. F.

    Eu super gosto de chuva. Principalmente quando ela aparece em feriados prolongados em que metade do mundo está na praia.

  8. Ariett

    Feliz ano novo, com cheiro de chuva (que eu adoro!).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s